25/09/2010

Mudança de ferramenta e endereço de Blog.




Caros leitores,

Conversando com o amigo Emerson Luis do "Nas Retinas" fui convencido que a melhor ferramenta de blog gratuito é o wordpress em detrimento ao blogger.

De fato, coloquei todas as postagens deste blog no Wordpress e apartir deste momento somente o blog no wordpress será atualizado.

Acesse: http://temaslivres.wordpress.com

E viva lá revolucion!

Leia Mais…

24/09/2010

teste

Leia Mais…

17/09/2010

Guru Indiano deixa campanha de José Serra


Acabou o contrato com o "Guru da Internet" nome atribuido a sí próprio pelo american-indu Ravi Singh. Por não ter trazido a campanha do tucano José Serra os resultados esperados e a promessa que consta em seu site: http://www.ravisingh.com/ que é de virar o jogo nos últimos 30 dias de campanha seu contrato não foi renovado. Dizem que para ser contratado o indiano americanizado ou o americando indianizado cobrou cerca de 1 milhão de dolares, o que é desmentido pela campanha tucana.

O fato é que dentre os feitos deste indiano que foi considerado estratégia política para a campanha de Serra foi tirar por 2 dias o site do candidato tucano, criar a frase "A Hora da Virada" e fechar completamente o site, liberando acesso às informações somente a quem tiver disposição de se registrar.

Agora diz ai... o Gênio é o Indiano que levou "1 mi" ou a campanha tucana?

Temas Livres

Leia Mais…

16/09/2010

Pergunta aos Paulistas: Você tem certeza que quer Alckimin e o PSDB mais uma vez no comando de SP?


De fato a frase que diz que a Democracia é o pior regime já descoberto, mas o melhor dentre todos existentes é um fato. Um estado só sentirá real mudança para melhorcaso mude radicamente seus governantes, o que não ocorre em São Paulo a dezesseis anos. Isso chama-se continuismo, não abrindo possibilidades de melhora e apenas de manutenção do estado como este se encontra.

Não acredito que alguém em sã consiência prefira manter por mais quatro anos o caos que São Paulo vive, vejamos alguns dos quais não podemos deixar a população esquecer:

- Trânsito: São Paulo quebra recordes atrás de recordes em congestionamento, tendo como topo histórico 293 km de lentidão só na capital! (Mais sobre o assunto, clique aqui)

- Segurança: Recentemente no ano de 2006 quando o ex-governador e candidato a Rresidencia da República a facção PCC (Primeiro Comando da Capital) atacou São Paulo, deixando a população em estado de alerta, nem mesmo a policia se safou, sobrando como resultado 128 pessoas mortas e 59 feridas dentre elas muitos policiais civis e militares. Como forma de calar as mídias sobre o incidente A Corregedoria de Segurança de São Paulo anunciou que pode abrir processo para punir as emissoras de TVs Rede Record, RedeTV! e Rede Bandeirantes, por “práticas jornalísticas abusivas entre os dias 13 até 19 de maio”, dias em que o PCC promoveu 294 ataques na onda de violência do estado de São Paulo. (Mais sobre o assunto, veja aqui)

- Educação: Caos generalizado na educação de São Paulo, os tucanos utilizam um conceito de "Progressão Continuada", porém, sem a devida capacitação dos professores e a qualidade pífia das aulas os problemas tendem não a serem resolvidos e sim adiados, de forma que cada vez mais o estado cria "Analfabetos Funcionais"e segundo professores do estado não é raro casos em que alunos chegam a sexta série sem saberem ler e escrever. Não bastasse a falta de capacitação dos professores, a aprovação automática de alunos incapacitados ainda resta a falta de material didático, ou sua entrega com diversos problemas como linguagem xula e erros de geografia. (Mais sobre o assunto, veja aqui)

- Saúde: O governo de SP tentou esconder pesquisa que revela o caos na saúde pública de SP, foram enviadas 350 mil cartas para usuários e cidadãos do estado de SP, onde 30% das respostas diziam que leva-se mais de 6 meses para tratamento de alta complexidade como quimioterapia por exemplo. Segundo Paulo Eduardo Elias, professor de medicina preventiva da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), afirma que os dados apenas confirmam que o sistema de saúde em São Paulo não dá a atenção devida aos pacientes. “Como mostram as informações sobre os procedimentos de parto, fica claro que o governo deixa as pessoas terem dor. É um problema grave. Não se importa muito com isso”, argumenta. Além disso Serra e Alckimin desviaram mais de 2 bilhões de reais da saúde para aplicações financeiras. (Mais sobre o assunto, veja aqui)

- Transporte Público: O transporte público em SP também vai mal das pernas, o número de passageiros cresceu 70% em cinco anos e a oferta de trens, 20%, resultado: Na estação do Brás, “os seguranças precisam intervir em horário de pico para que o trem siga com as portas fechadas” e a estação da Sé produz o maior congestionamento do mundo, em estações do metrô. O bilhete único anunciado por Serra como seu feito, foi criado e implementado por Marta Suplicy enquanto prefeita, nos moldes do sistema utilizado em Seul, a única alteração considerável foi o imediato aumento do valor das passagens após assumir a prefeitura na época. (Mais sobre o assunto, veja aqui)

- Infraestrutura: Com a ideologia néo-liberal de fazer "mais com menos" o governo de SP permitiu que empresas que construiam linhas de metrô em SP, utilizassem material de baixa qualidade o que ocasinou uma cratera no meio de São Paulo. Outras obras também ligadas a infraestrutura também acabaram no chão por problemas de engenharia e qualidade de material, como foi o caso de um trecho do rodoanel. (Mais sobre assunto, veja aqui e aqui)

- Moradia: O estado de SP, tem um déficit habitacional de 1.2 milhões de residências, em seis anos de governo Alckimin foram contruídas em média, apenas 15 mil residencias ao ano. Fazendo uma conta matemática primária o governo do continuismo levaria mais de 60 anos para zerar tal déficit. (Mais sobre o assunto, veja aqui)

Por essas e muitas outras que eu realmente não tenho como acreditar que a população paulista goste de sofrer estes abusos e descasos da tucanada que comanda SP a tantos anos. É hora da mudança! Temos que eleger Mercadante Governador e dar uma chance a uma nova política socialmente e justa e que atenda os anseios de toda a população e não apenas dos mais favorecidos. São Paulo merece mudar para melhor e a mudança é com Mercadante Governador.

Alex Camacho Castilho
Temas Livres

Leia Mais…

24/08/2010

Serra Comedor


Dizem que José Serra só está perdendo para o José Mayer...

Leia Mais…

16/08/2010

Dona EVA e o Datafolha

Algum internauta com grande criatividade e senso de humor resolveu legendar um famoso vídeo da internet onde uma senhora chamada aqui de "Dona EVA" comenta os resultados do Datafolha pela campanha presidencial de 2010. Vale a pena conferir.


Leia Mais…

Lula fala aos intern@utas

Em vídeo divulgado neste domingo (15) pela internet, o presidente Lula falou diretamente com cada internauta envolvido no processo eleitoral deste ano. Ele reconheceu nosso trabalho e lembrou o papel de cada um de nós daqui pra frente:

“Continue contribuindo com seus textos, fotos e vídeos. E seja um protagonista desse novo cenário, onde cada eleitor tem o poder e o direito de informar e ser informado"

Leia Mais…

12/08/2010

José Serra ensina matemática para crianças da rede pública de ensino

É uma beleza! Aparentemente José Serra foi aprovado no primário por progressão continuada... Pois é acontece...


Leia Mais…

09/08/2010

Corrupção: O ficha-suja Roriz estrela um vídeo-bomba (Revista Veja)

Por Diego Escosteguy

A cena é espantosa. Joaquim Domingos Roriz, o fazendeiro que fez fortuna às custas dos cofres públicos de Brasília nos últimos 20 anos, cumprimenta o interlocutor, recosta-se na poltrona e arrasta com as mãos uma caixa que estava embaixo da mesa de centro. “Quanto?”, pergunta de chofre o homem que governou por quatro vezes o Distrito Federal, mandatos nos quais distribuiu terras e contratos, colhendo em troca votos e dinheiro. “Foi dez, né?”, responde André Alves Barbosa, o interlocutor, que filmou o encontro na casa de Roriz, no começo deste ano, e cuja família é laranja do ex-governador em imóveis e operações bancárias.

Dez, no caso, corresponde a dez mil reais. “Isso tudo?!”, surpreende-se Roriz. O ex-governador retira maços de dinheiro da caixa. E repassa ao laranja. Um, dois, três, quatro... Enquanto conta a dinheirama, Barbosa cobra o pagamento de um empréstimo rural contraído por sua família, cujo beneficiário era, óbvio, Roriz: “Governador, como faz o negócio da fazenda? Vai resolver lá no Banco Real?”. Surgem mais pacotinhos de dinheiro. Diz Roriz: “Depois das eleições (...) vou no banco”. O laranja interrompe: “Vai e ajeita?”. Roriz completa: “Claro! (...) Se preocupar agora é pior”. E aparecem mais pacotinhos. “Seis, né?”, confere o ex-governador. “Falta (sic) mais cinco”, esclarece Barbosa. Dá-lhe pacotinhos em cima da mesa – e o laranja exulta: “Obrigado, governador!”.

Qual a razão para o pagamento? “É propinazinha para nois (sic) ficar quietinho”, explica o laranja André, também em conversa gravada, que deveria ficar quietinho precisamente sobre o fato de ser... laranja. André tentou vender essa e outras gravações ao deputado Alberto Fraga, do Democratas de Brasília, que assistiu à fita, assim como outras duas fontes localizadas pela reportagem. Ninguém admite ter comprado o material.

Esse lúgubre espetáculo cinematográfico, ao qual VEJA teve acesso, é o mais recente dos numerosos – talvez incontáveis – episódios de corrupção nos quais a estrela chama-se Joaquim Roriz. O ex-governador já foi acusado de receber propina, desviar recursos públicos, comprar votos, sonegar impostos, lavar dinheiro, esconder patrimônio, grilar terras; é uma lista de crimes tão extensa quanto seus 20 anos à frente da política brasiliense. Ostentar esse currículo, porém, nunca constituiu um obstáculo eleitoral para Roriz, que jamais perdeu um pleito.

Em 2006, elegeu-se senador, mas se viu forçado a renunciar ao cargo poucos meses depois, assim que surgiram gravações (sempre elas) nas quais ele discute a partilha de milhões de reais. Agora, ele tenta governar Brasília pela quinta vez, e lidera com tranquilidade as pesquisas de intenções de voto. Na semana passada, contudo, ele se transformou na mais vistosa vítima da lei Ficha Limpa, que impede gatunos condenados de concorrer nas eleições – ou de retornar à política depois de renunciar ao cargo para escapar à cassação, como é o caso de Roriz. Por quatro votos a dois, o Tribunal Regional Eleitoral de Brasília impugnou a candidatura dele.

Outros 100 candidatos no Brasil foram enquadrados pelo Ficha Limpa. Mas a impugnação de Roriz se revela emblemática. É o único barrado que concorre ao governo e lidera as pesquisas. Há outros políticos tão notoriamente corruptos quanto ele, como Jader Barbalho e Paulo Maluf, que também podem ser expulsos das eleições. Roriz, no entanto, é o único dessa vil estirpe que ainda demonstra força política para se eleger ao governo – Maluf, por exemplo, pode até receber uma avenida de votos para uma vaguinha na Câmara dos Deputados, mas não há obra superfaturada que o carregue novamente ao Palácio dos Bandeirantes.

De modo que Roriz simboliza à perfeição o tipo de político do qual o Ficha Limpa tentou livrar o país. Tanto o ex-governador quanto os demais barrados, contudo, ainda podem acabar aparecendo nas urnas. A razão disso é que ainda pairam incertezas acerca da legalidade do Ficha Limpa. O Tribunal Superior Eleitoral já se manifestou a favor da lei, inclusive para aplicá-la nestas eleições, mas o assunto certamente recairá sobre os ombros dos ministros do Supremo Tribunal Federal. Há a possibilidade de que eles só discutam o caso após as eleições. Se isso acontecer, candidatos como Roriz provavelmente concorrerão por meio de liminares na Justiça – e, se ganharem a eleição, só perderão o cargo se o STF confirmar e legalidade do Ficha Limpa.

Se o Supremo derrubar a lei, gatunagens como a do vídeos descrito no começo desta reportagem continuarão a prosperar. Na gravação com Roriz, a dívida a que se refere André foi contraída em 1995 por seu avô, Geraldo Alves Barbosa. Somava 210 mil reais e se destinava à criação de gado. O avô-laranja era dono, ao menos no papel, da Agropecuária Estiva. Ele deu como garantia ao banco os 12,5 mil alqueires da Fazenda Queimados, que fica em Goiás. De acordo com André, o laranjinha, tanto a agropecuária quanto a fazenda sempre foram de Roriz.

Localizado pela reportagem, Luiz Antônio Barbosa, um dos filhos do avô-laranja, que consta como sócio da agropecuária e como antigo dono da fazenda, disse nunca ter tido qualquer empresa ou imóvel rural. “Nunca tive fazenda, moço. Mas o meu pai já teve coisas com o Roriz”, ele explica. Questionado se era laranja do ex-governador, Luiz Antônio afirmou: “Não posso falar”. O Banco Real executa judicialmente a dívida e pede há anos a penhora da fazenda. Em 2000, contudo, a fazenda mudou de dono – quer dizer, no cartório. A família-laranja ficou com a dívida, mas repassou a propriedade das terras para Osvaldino Xavier, amigo de Roriz e dono da Nely Transportes, empresa que coletava lixo em Brasília. “Ele também é laranja”, diz André.

A reportagem foi até a fazenda, para olhar de perto o laranjal. Na entrada do local, uma placa informa que o empresário-amigo Osvaldino é o dono. Mas um funcionário logo avisa: “A fazenda é do Juliano”. E quem é Juliano? Trata-se de Juliano Roriz, neto do ex-governador. VEJA o encontrou à porta da fazenda. Travou-se o seguinte diálogo:

- Esta fazenda é do seu avô?
- Não, é minha.
- E por que o nome do proprietário na placa é Osvaldino?
- Ah... Não sei.
- Ele é o dono da fazenda ou é você?
- Sou eu.
- Há quanto tempo você tem a propriedade?
- Não sei.

Procurado, Osvaldino garantiu ter efetivamente comprado parte das terras da família-laranja, mas disse ter vendido 20% delas para a Agropecuária Palma, que pertence a Roriz. O ex-governador não quis se pronunciar.

Leia Mais…

Dica: Reinstalando o Grub em um computador com Windows instalado depois do Linux

Há algum tempo não venho trabalhando tecnicamente com computadores, apesar de ser técnico por essência. Comprei um notebook e resolvi então instalar o Ubuntu 10.04 juntamente com o Windows 7 que veio junto com o aparelho (OEM).

Porém como não trabalhara tecnicamente a pelo menos 2 anos e meio fiz a primeira caca que foi apagar o Windows 7 original que veio com o note e instalar o Ubuntu 10.04 em uma parte do disco rígido, deixando uma outra parte sem formatação para instalação do Windows.

Até a finalização da instalação do Ubuntu nenhum problema, o problema é que depois desta instalação resolvi instalar o Windows na partição previamente separada e não formatada, após correr com a instalação do Windows 7 sem maiores problemas notei e lembrei que feito isto o sistema da Microsoft reescreve o MBR (Master Boot Record) e então passa a não reconhecer o sistema livre para que seja efetuado o boot.

Me atrevendo novamente na área técnica peguei a dica via Google como recuperar rapidamente o Grub, inclusive com reconhecimento da partição Windows e Linux.

Para isso basta fazer o seguinte:

Usando o CD de instalação do Ubuntu ou qualquer outra distro Linux ou mesmo o live CD inicie o sistema pelo unidade de CDROM, após finalização do boot, abra um terminal e faça como se segue:
--
$ sudo -i
# mount /dev/sda1 /mnt (Onde sda1 é a partição onde se encontra o sistema raiz (/) da sua instalação linux; O numero da unidade pode variar).

Caso em sua instalação inicial do sistema livre você tenha criado uma partição /boot separada a monte dentro da montagem anterior (raiz).

# mount /dev/sda2 /mnt (Onde sda2 é sua partição separada para /boot , caso você não tenha criado a partição /boot separadamente pule este passo. O número da unidade também pode variar).

Basta então digitar:

# grub-install --root-directory=/mnt/ /dev/sda

Pronto! Dê um boot no seu equipamento, entre novamente em seu linux e então basta digitar:

# grub-update

Feito isso você estará com os 2 sistemas operacionais a sua disposição na inicialização de sua máquina.

Leia Mais…

15/06/2009

Pesquisa: Qual a maior utilizade do navegador da Microsoft Internet Explorer?

Pesquisas revelam que sua maior utildade é para Baixar o navegador FireFox, conforme indica o gráfico abaixo:

É óbvio que não se passa de uma brincadeira, mas achei muito interessante a ferramenta disponibiliada pelo site http://graphjam.com onde é permitido que você crie diversos tipos degráficos e indicadores "personaliados" à sua necessidade. =o) Aproveitem.

Leia Mais…

18/05/2009

A pergunta que não quer calar é: Quem está feliz com o acesso a banda larga hoje no Brasil?

A pergunta que não quer calar é: Quem está feliz com o acesso a banda larga hoje no Brasil?


Mesmo com todas as privatizações das Teles, os serviços de telefonia e internet no Brasil continuam a desejar e muito, não bastasse conter as pessoas com velocidades reduzidas e preços escorchantes, resolveram botar em prática o que já vinha sendo planejado a tempos, cobrar pelo tráfego de dados.

Bem o que isso representa? Significa que no mundo atual, na era da informação, estamos sendo cerceados por empresas monopolístas, de distribuição de serviços de internet, formando portanto, um cartel das teles e nets da vida. Cercados de diversas formas e truques marqueteiros, sobre o que prometem entregar e o que realmente entregam, sobre o preço que prometem cobrar e o que cobram, além da forma que lhe atendem na compra e a diferença no atendimento posterior por algum problema.

Na metade dos anos 90, a internet era considerado luxo, e para poucos afortunados, tinha que se pagar caro por um provedor de acesso, recordo-me na época de alguns famigerados provedores, são eles, UOL, STI, Mandic, entre outros.

Com a chegada do acesso gratuito à internet com provedores como IG (anteriormente chamado de Internet Gratis) e outros o plano de negócios dos provedores de acesso tornaram-se área secundária, sendo constituída a venda de conteúdos e propagandas para o sustento do negócio, proporcionando novas áreas de atuação e gerando concorrência neste mesmo mercado, chegando ao ponto de lhe pagarem para utilizar a internet discada, como é o exemplo do Orolix.

Com a chegada da internet banda larda, os acessos discados foram sendo gradualmente substituído por acessos ADSL, Cable, Rádio entre outros, de forma que o lucro das teles com pulsos utilizados para a conexão diminuísse drasticamente, além da própria tecnologia proporcionar maior velocidade e conforto a usuários e empresas que utilizam-se destes serviços.

Todo o processo de modernização ocorria perfeitamente, até meados de 2004/2005, os preços de acessos a banda larga diminuia, a velocidade aumentava, assim como a disponibilidade destas tecnologias nos grandes centros, chegando inclusive a algumas áeras menos favorecida.

O problema foi que apartir deste ponto, as teles, e empresas de cabos, em formato de cartel, resolveram que iriam utilizar-se de outra forma de negócio para coibir o uso pleno de suas tecnologias, além de poder cobrar mais e mais, pelos acessos, retrocedendo inclusive a todos os avanços alcançados até meados de 2005.

Porque as empresas de cabos e as teles estão “boicotando” os usuários e empresas com propagandas enganosas, produtos e serviços de péssima qualidade além de não disponibilizarem toda a tencologia existente?

É muito simples, empresas como Telefonica, GVT, BrasilTelecom, Telemar e outras vendem muito mais do que suportam vender, onde um mercado emergente e com grande perspectiva de crescimento não tem credibilidade por parte das empersas estrangeiras, estas as quais foram vendidas pelo governo para que resolvessem o problema do gargalo de telecomunicações no Brasil, desta forma formando um novo gargalo, onde a procura é muito maior do que a oferta, inclusive pelo fato de não haver uma concorrência real nesta área, desta forma os contratos de prestação de serviço oferecem SEMPRE a garantia de 10% da velocidade contratada, ou seja, se você tem uma conexão banda larga de 200 kbps, a garantia de velocidade para esta conexão é de 20 kbps, ou seja, menor do que a velocidade de linha discada, na qual a maioria das vezes alcançam taxas superiores a 33.600 kpbs, a mesma coisa ocorre com bandas de superior velocidade.

Outra forma de cobrar mais e impedir o compartilhamento é utilizar-se de franquias de consumo de dados trafegados, ou seja, existe uma capacidade máxima de dados que podem ser trafegados em sua conexão por mês, independentemente da velocidade contratada, cito o exemplo de um contrato com Virtua, internet banda larga via Cabo de TV paga, onde a velocidade adquirida é de 2 MB, e a franquia é de 20 GB por mês, após a utilização desta franquia a velocidade cai para 200 kbps, digamos que vc. utilize sua internet 24 hs. por dia, trafegando vídeos, musicas ou mesmo atualizando seu sistema operacional, e utilize a velocidade completa de 2 MB, você comprirá esta franquia de 20 GB em torno de 34 horas, ou seja 1 dia e meio, e o restante do mês irá trafegar a velocidade de 200 kbps, ou seja, você paga para utilizar o serviço de 2 MB por um mês, mas pode ocorrer de você utilizá-lo por apenas 2 dias.

Existem outros planos com franquias maiores, por exemplo, o plano de 4 MB do mesmo Virtua a franquia é maior, mas a proporcionalidade é a mesma, ou seja, seja lá qual for a velocidade da sua internet sempre terá que reduzir seu uso para que possa atingir a meta de franquia mensal, e é isso que não é explicado pelo “General SKAVURZKA” a seus clientes na propaganda, tavez na Siberia não tenha este preceito.

Essa é a realidade atual da internet no Brasil, porém o que é mais lamentável é não haver uma opção de troca ou equivalência dos serviçoes perstados, ou seja, se não tem solução, solucionado está. O que realmente é intrigante é saber o porque um cidadão comum assinaria uma internet banda larga para baixar seus e-mail, navegar em um site de notícias, fazer e enviar suas planilhas?!?! É obvio que a tecnologia de banda larga veio para possibilitar a utilização de áudio e vídeo, fortalecendo o compartilhamento pleno e irrestrito ao conhecimento e informação, onde até isso estão restringindo através de Traffic Shaping, para a utilização restrita da banda em programas P2P como eMule e Torrents.

Acredito que nós, e apenas nós usuários de tecnologias podemos mudar este quadro dramático da telecomunicação no Brasil, acabar com os carteis e gerar concorrência leal entre as operadores e prestadores de serviços de inetrnet, de que forma?

Protestando, encaminhando diversas reclamações nos jornais e imprensa de todo o Brasil, pois se há alguma coisa que as operadoras cuidam melhor do que seus contratos com clientes é seu nome.

Leia Mais…

15/05/2009

Documentário: InProprietário - O Mundo do Software Livre (Download)

Sinopse:
Os Softwares possuem donos. Para obtê-los, é necessário, na maioria das vezes, adquirir licenças de uso. O Código-fonte, a receita do software, não é disponibilizado, o que impossibilita o acesso para consulta ou alteração dos programas. Mas nem sempre foi assim. Fruto do desenvolvimento científico, o software nasceu livre, e passaria a ser mercadoria somente nas décadas de 1970 e 1980, respaldado então pelo Copyright.

A oposição ao software proprietário surgiria no cenário da tecnologia sob idealização do hacker Richard Stallman, para resgatar a liberdade do compartilhamento de softwares e seus códigos-fonte. Era o Projeto GNU, a origem de um movimento de software livre. Com a grande contribuição de Linus Torvalds, nascia o GNU/Linux, o novo sistema operacional livre, e diversos outros softwares, à tentativa de universalizar o acesso compartilhado à tecnologia computacional. Hoje, o software livre esta presente em ONGs, órgãos governamentais, empresas privadas e em nossas casas.

Elenco:
Roteiro/Pesquisa/Entrevistas/Imagens:
Daniel Pereira Bianchi

Entrevistas:
Aline Freitas
Cristiano de Jesus
Eluetério Fernando da Silva Prado
Jorge Marcelo dos Santos Mendes
Paschoal Neto
Sérgio Amadeu da Silveira
Yros Aguiar

Edição do Vídeo:
Aroni Lolo
Daniel Pereira Bianchi
Fábio Rogério
Jota Rodrigo

Pós-Produção:
Daniel Pereira Bianchi
Jota Rodrigo

Locução:
Leandro Andrade

Música:
"Cat Video" - Blue Man Group
"Freedom" - (Zack de la Rocha) - Rage Against The Machine
"Old Things" - Derek

Orientadores:
Jorge Grinspum
Marco César de Araújo

Orientação de Capa:
Helena Rugai

Coordenadora de Projetos Experimentais:
Paula Veneroso

Coordenadora dos Curos de Comunicação Social:
Helena Rugai

Chefe de Departamento:
Sandra Nunes

Reitor:
Prof. Luiz Carlos de Azevedo

Informações:
Tamanho: 302 MB
Resolução: 720x480
Frame Rate: 29 fps.
Qualidade: DVDRip
Avaliaçao do Áudio: 10
Avaliaçao do Vídeo: 10
Vídeo Codec: DivX
Áudio Codec: Lame MP3
Idioma: Português / Espanhol

Links para Download (48 opções):
Caizzii
Archiv.to
Badongo
FileBase.to
FileDropper
EzyFile
FilesDump
FileShare.in.ua
Filestore
Filezzz
FlyShare
FlyUpload
FileFlyer
Jamber
Kewlshare
Filesavr
FilesHacker
MassMirror
Mein Upload
MegaUpload
HellShare
QuickShare
Share Anime
ShareRapid
MyUpload.dk
Shragle
RapidSpread
Ugotfile
SimpleUpload
MegaShares
Ulozisko
Upit.to
Upload Drive
Upload.co.ua
Uloz.cz
Uploading.com
Up-File
UploadBox
Vip-File
zShare
Zomgupload
WikiUpload
Uloz.to
czShare
Gazup
MooShare
SharingMatrix
Netload.in

Leia Mais…

13/05/2009

França aprova projeto que desconecta quem faz download ilegal.

A Assembléia Legislativa da França aprovou nesta terça-feira 12/05/2009 um projeto de lei que permite desativar as conexões de internet daqueles que forem pegos repetidamente fazendo download ilegal de filmes e música, criando o que poderá ser a primeira agência governamental para rastrear e punir piratas on-line. O Senado francês deverá aprovar a medida já nesta quarta-feira 13/05/2009.

O projeto de lei foi aprovado por 296 votos a 233, mostrando a força dos aliados do presidente francês, Nicolas Sarkozy, o principal defensor da proposta antipirataria. Alguns apontam, inclusive, que a medida tenha sido incentivada pela primeira-dama francesa, a cantora e modelo Carla Bruni.

A proposta votada nesta terça desafia a medida aprovada pelo parlamento europeu na semana passada, que proíbe que os governos integrantes da União Europeia cortem a conexão de internet de cidadãos sem antes passar por um tribunal de Justiça. A medida ainda requer uma decisão final, conforme negociações com o Conselho Europeu.

Muitos alegam que a nova lei vai contra a liberdade individual, ao negar que os acusados de pirataria na internet tenham o direito de questionar as acusações feitas contra eles. Outros têm medo de que a medida possa favorecer o aumento de práticas governamentais no estilo "Big Brother", invadindo cada vez mais a privacidade dos cidadãos.

Mas as indústrias fonográfica e cinematográfica, além dos próprios artistas, acreditam que o projeto de lei é um passo decisivo no combate à pirataria on-line na França, onde as vendas de CD e DVD tiveram uma queda de 60% nos últimos seis anos.

De acordo com o projeto de lei francês, que conta também com apoio da ministra da Cultura Christine Albanel, os acusados de pirataria on-line receberão dois e-mails, seguidos de uma notificação oficial. Se os downloads ilegais continuarem a ser feitos pelos infratores dentro de um período de um ano após os avisos, o acesso à internet dessas pessoas será cortado por um período que vai de dois meses a um ano. Mas os punidos deverão continuar a pagar pela manutenção do serviço, mesmo durante esse período de inatividade.

O projeto prevê ainda a criação de uma agência do governo para punir os infratores, que especialistas acreditam se tratar da primeira do gênero em todo o mundo, ressaltando que é a primeira vez que um governo ameaça cortar as conexões de internet na batalha contra a pirataria. A tarefa de monitorar esses usuários, no entanto, ficaria a cargo dos órgãos de defesa da indústria do entretenimento.

Críticos do projeto de lei afirmam que a proposta é falha, uma vez que enfoca os downloads tradicionais numa época em que o streaming on-line se mostra cada vez mais forte, por exemplo. Outros afirmam que pessoas que fizerem downloads ilegais utilizando para isso hotspots públicos de Wi-Fi ou endereços de IP mascarados continuarão agindo livremente, sem serem rastreados nem punidos.

Há cerca de um mês, o projeto de lei havia sido rejeitado, por falta de quórum, causando um certo constrangimento ao presidente Sarkozy.

Fonte: Reuters

Leia Mais…

11/05/2009

Agora F#D3# - CHINA CONFIRMA PRIMEIRO CASO DE GRIPE SUÍNA

A China confirmou nesta segunda-feira que um estudante de 30 anos, que acabou de voltar dos Estados Unidos, está com gripe suína. É o primeiro caso confirmado no país.

O paciente, que teve apenas o sobrenome (Bao) revelado, estava estudando na Universidade de Missouri, nos Estados Unidos.

Bao deixou St. Louis em um voo que passou por St. Paul e Tóquio. Na capital japonesa, o chinês pegou um avião para Pequim e aterrissou no sábado. De lá, Bao pegou outro voo para Chengdu, no sudoeste da China.

No último voo, Bao começou a sentir febre, dor de garganta, tosse e coriza. Sessenta e três pessoas que viajaram com ele de Pequim a Chengdu estão de quarentena.

Bao foi direto ao hospital para começar o tratamento. As autoridades ainda não têm certeza do local onde o chinês contraiu a gripe suína.

4694 casos em 30 países
A Organização Mundial da Saúde confirmou, em relatório publicado na manhã desta segunda-feira, 4694 casos de gripe suína pelo mundo, em 30 países diferentes.

No México, onde o surto começou, 1626 foram infectadas, 48 morreram. Nos Estados Unidos, os laboratórios confirmaram 2532 casos, com três mortes. O Canadá já tem 284 infectados pelo vírus influenza A (H1N1). Uma pessoa morreu no país. A Costa Rica também tem um caso de morte reportado. Oito pessoas do país foram infectadas.

Outras 26 nações confirmaram casos na doença, mas não tiveram nenhuma morte: Argentina (com um caso), Austrália (1), Áustria (1), Brasil (8), China (2, sendo um caso em Hong Kong), Colômbia (3), Dinamarca (1), El Salvador (4), França (13), Alemanha (11), Guatemala (1), Irlanda (1), Israel (7), Itália (9), Japão (4), Holanda (3), Nova Zelândia (7), Noruega (2), Panamá (15), Polônia (1), Portugal (1), Coreia do Sul (3), Espanha (95), Suécia (2), Suíça (1) e Reino Unido (47).

Fonte: http://noticias.uol.com.br/ultnot/internacional/2009/05/11/ult7402u36.jhtm

Leia Mais…